Colaboradores participam de ação de saúde e pesquisa interna

26 de fevereiro de 2018
enc_cine_06-1200x800.png

Colaboradores Unimed Metropolitana do Agreste passam por avaliação anual de indicadores de saúde e respondem a pesquisa de satisfação sobre as atividades desempenhadas na cooperativa, que incluem a relação em equipe e com lideranças de cada setor.

As medidas fazem parte das ações propostas pela diretoria e aprovadas pelos cooperados e têm como objetivo melhorar as relações pessoais no ambiente de trabalho, garantir mais eficiência nas atividades, assim como manter a saúde em equilíbrio como prevenção a problemas futuros.

O encontro deste ano aconteceu no sábado, 24 de fevereiro, quando colaboradores iniciaram o dia com a realização de exames laboratoriais e a coleta de indicadores de saúde com base no peso, altura, pressão arterial, entre outros aspectos.

“A gente percebe que, entre 2016 e 2017, os colaboradores apresentaram melhoras em seus indicadores de saúde, resultado da prática de atividades físicas e de uma alimentação mais saudável. Esperamos que este ano estejam ainda melhores”, pontua Renata Medeiros, coordenadora do Núcleo de Atenção à Saúde (Nais) da Metropolitana do Agreste. O setor é responsável pela parte dos cuidados com a saúde dos colaboradores. Toda a ação contou com acompanhamento do vice-presidente da cooperativa, médico ginecologista e obstetra Ulisses Pereira.

Além do Nais, o encontro anual para a coleta de indicadores de saúde é realizado pelo setor de Relações Humanas (RH) da cooperativa, que na ocasião voltou a realizar pesquisa de opinião com os colaboradores. De acordo com a coordenadora do RH, Cláudia Tenório, a intenção é avaliar a satisfação dos funcionários em relação a diversos aspectos da cooperativa.

“Nenhum deles precisa se identificar no questionário que aplicamos, através do qual procuramos saber sobre pontos como a estrutura física da Metropolitana do Agreste, a relação com os demais colaboradores e com o líder de cada setor e demais dirigentes, ou seja, uma avaliação geral da empresa”, destaca Tenório. Ela adianta que, em posse dos resultados, é traçado um plano de ação à correção de eventuais aspectos que possam ser citados de forma negativa.

“Em nossa última avaliação, o índice de satisfação alcançou 94% e resulta com isso na diminuição de faltas ao trabalho, evita a necessidade de se promover demissões e admissões por conta de problemas internos, integra mais a equipe. O importante é manter a boa relação entre equipes e líderes dentro da cooperativa, melhora a situação geral como um todo”, reforça Cláudia Tenório.

Após realizarem os exames e tomarem uma café da manhã, os colaboradores também assistiram a filme motivacional no auditório da cooperativa, além de responderem ao questionário apresentado. Os resultados, ao final, ficam armazenados nos setores de RH e no Nais para eventuais e futuras avaliações.